Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Caixa Laplace

Laplace's Box (ラプラスの箱 Rapurasu no Hako) é um objeto que aparece principalmente em Mobile Suit Gundam Unicorn. Apesar de estar na custódia da Fundação Vist, a caixa é cobiçada tanto pela Federação quanto por Neo Zeon, já que há rumores que a caixa é capaz de destruir a Federação Terrestre. Mas, apesar desse poder, a existência dela é conhecida apenas pelo alto escalão de ambas facções, e apenas poucos e selecionados sabem do seu real conteúdo.

A Escritura Original da Universal Century
Localização: Magallanica
Uso: Documento Encontrado
Construtor: Federação Terrestre
Sob Controle de: Fundação Vist
Status Atual: Público
Linha do Tempor: Universal Century

Descrição e Características


O conteúdo da Caixa Laplace é a escritura original da Universal Century, que foi feira em U.C. 0001 pelo governo da Federação. A escritura em si contém 9 cláusulas com a constituição da Federação Terrestre, e garante ao povo do espaço maior liberdade da influência da Terra, e ainda garante o direito de se envolver no governo da Terra. A Cláusula 9 em si é uma prova sólida da constituição original, assinada pelos líderes das Nações Unidas e que era legal. Porém, a escritura original foi perdida durante o ataque terrorista na Colônia Espacial Laplace durante o discurso de Ricardo Marcenas, mas encontrada por Syam Vist, um terrorista que foi a única pessoa que sobreviveu ao incidente. Eventualmente, Syam se uniu à família Vist via conexões secretas. Ele utilizou a Caixa para estabelecer a Fundação Vist, cujo propósito era guarda e manter a Caixa.
Na verdade, o ataque à colônia foi planejado por George Marcenas, filho de Ricardo e membro da facção política de direita com o governo que estava se formando da Federação. Em oposição ao seu pai que era mais liberal e de visão controversa, George o mandou assassinar, então ele poderia ter controle do governo da Federação e usar os mortos no Incidente em Laplace como mártires. Logo depois, ambos objetivos estariam completos, com George sucedendo seu pai como Primeiro Ministro, porém fazendo com que a Federação ficasse com a imagem de um "clube de homens ricos" que iria prevalecer nas gerações seguintes.
Apesar da Caixa Laplace ser um grande problema para a Federação Terrestre, como a Escritura da Universal Century continua a existir, coloca em ameaça a administração atual da Federação. Primeiramente, como a Federação decidiu comandar os que vivem no espaço oprimindo-os, incontáveis espaçonoides possuem uma visão negativa da Federação. Segundo, o Incidente Laplace foi a primeira desculpa para a Federação consolidar seu controle sobe o espaço, sob pretexto de prevenir terroristas, e tornou o ocorrido como causado por colonistas radicais. Então, se a Caixa Laplace ou a verdade dobre o Incidente Laplace se tornarem públicos, o verdadeiro nível de corrupção da Federação ficará aparente seu poder sobre a Esfera Terrestre chegaria a um fim.
Depois do Incidente, todas as réplicas da escritura foram modificadas por George Marcenas e seus seguidores para que pudesse se adequar melhor à sua ideologia. Uma dessas modificações foi remover o sub artigo final do #7 capítulo: No futuro, deverá emergir uma nova raça humana a ser confirmada e que será adaptada ao espaço, a Federação Terrestre deveria dar prioridade neles para a administração do governo.  Esse sub artigo garantiria que os habitantes do espaço tivessem a sua representação na Federação, e sua remoção contribui diretamente para que haja a opressão dos espaçonoides e que vem liderando guerras por independência e conflitos que marcam a Universal Century. Por essas razões, a Caixa é perfeitamente capaz de acabar com a Federação, pois prova que o governo atual é ilegítimo, enfraquecendo sua autoridade política e filosófica. Por ameaçar revelar o conteúdo da Caixa ao mundo, a Fundação Vist conseguiu ganhar muita influência política com o governo da Federação, conseguindo uma grande fortuna e marcando um lugar na aristocracia para si.
Por volta de U.C. 0096, o medo da Caixa se tornou uma tradição entre os figurões da Federação, até porque a maioria dos envolvidos diretamente já estavam mortos, o que lembrava desse delicado balanço de poder que a Caixa havia estabelecido e sua relação com a Fundação Vist. Mas a Federação começou a se movimentar para consolidar sua relação com Zeon como antagonista, e a Fundação Vist decidiu transferir o controle da caixa à Neo Zeon e então eles poderiam corrigir as falhas da Universal Century. Para garantir que sua aquisição não causasse mais derramamento de sangue desnecessário, a Fundação elaborou uma chave para testar o coração dos que procurassem a Caixa. Essa chave se tornou o Programa La+, instalado no UC Project, RX-0 Unicorn Gundam.

Separada de Neo Zeon, quem quisesse utilizar a Caixa para manipular a Federação, ela mesma desejaria destruir ou até mesmo ganhar o controle da Caixa, para preservar seu controle sobre a Esfera Terrestre. Similarmente, Martha Vist Carbine da Anaheim Electronics procurou ficar com o controle da Caixa para si mesma para conseguir controlar tanto a Federação quanto a Fundação Vist.

Versão Final Novela


O final coordenado de "Laplace Box" é pontuado por Unicorn: esta foi a construção da colônia Industrial 7, "Magellanica". Enquanto Marida foi sacrificada, a Nahel Argama tenta passar pela frota de Neo Zeon e encarar a "Caixa". Tendo finalmente chegado a Magallanica, Banagher Links e Audrey Burne são recebidos por Syam Vist, o suserano da Fundação Vist. Syam mostrou o verdadeiro conteúdo da "Caixa Laplace", que era a verdadeira escritura da Universal Century Charter: "Quando novos humanos ajustados para o espaço nascerem, eles devem ter prioridade na administração do governo." O governo da Federação de alguma forma rejeitou democraticamente, o que fazia parte do plano, e assim, aparição de Zeonismo se tornou-se um grande problema para a Federação. Uma palavra que poderia melhorar o futuro era o desejo das pessoas. Ao mesmo tempo, Martha e Ronan estavam planejando suprimir o conteúdo da "Caixa" armando a colônia laser "Gryps II" e atacando a mobile fortress "Magallanica".

Versão Final OVA

Versão Final Manga

Escritura da Universal Century


Escritura da Universal Century

Proclamação





A Federação Terrestre proclama por meio deste texto abaixo como a Escritura da Universal Century.


Executada na residência espacial de Laplace no primeiro dia de U.C. 0001 pelo Primeiro Ministro da Federação Terrestre, Ricardo Marcenas.


Capítulo I. Universal Century


Artigo 1

A Federação Terrestre, e seus Estados Membros, buscando a expansão das atividades espaciais e proteger o ambiente terrestre, deve adaptar a era unificada chamando-a de "a Universal Century" como símbolo da unidade da raça humana.

Artigo 2

1. A Universal Century deve ser o único nome oficial da era da Federação Terrestre.

2. A Federação Terrestre deve preparar orçamentos federais anuais e programas baseados no sistema de operações da Universal Century.

3. Os órgãos principais e subsidiários da Federação Terrestre devem ser "da Universal Century" em todos os documentos oficiais.

Capítulo II. Expansão das atividades espaciais.

Artigo 3

A Federação Terrestre e seu Estados Membros, para expandir suas atividades espaciais para a sobrevivência da raça humana, deve desempenhar um papel construtivo em acordo com os princípios fundamentais da Federação Terrestre.


Capítulo III. Desenvolvimento da colonização no espaço


Artigo 4.

No desenvolvimento de assentamentos espaciais, incluindo colonização na Lua e em outros corpos celestes, a Federação Terrestre e seus Estados Membros devem devem ser guiados pela ênfase igual para ambos desenvolvimento e proteção do meio ambiente da Terra, considerando a diversidade cultural e social.

Artigo 5.

Os projetos de colonização espacial devem ser integrados ao alto nível de políticas da Federação Terrestre e devem ser assegurados de acordo com os princípios da estabilidade social.


Capítulo IV. Política de emigração espacial.

Artigo 6.

A Federação Terrestre e seus Estados Membros devem executar políticas de emigração ao espaço para assegurar uma vida digna para todos aqueles que não dispõem recursos suficientes.


Artigo 7.

Todo cidadão da Esfera Terrestre e seus Estados Membros tem o direito a mover-se e a residir livremente nos assentamentos espaciais aprovados federalmente, incluindo os assentamentos na Lua e em outros corpos celestiais, com as limitações das leis federais.


Artigo 8.

A Federação Terrestre deve administrar todas os assentamentos espaciais, incluindo os assentamentos na Lua e em outros corpos celestes, com os interesses de desenvolvimento da Terra e do futuro da raça humana.


Artigo 9.

Cada assentamento espacial deve funcionar como uma agência pública da Federação Terrestre, e suas funções administrativas devem em princípio pertencer ao governo central da Federação Terrestre.


Artigo 10.

A Federação Terrestre deve legislar especificamente para a emigração espacial de pessoas deslocadas e civis de países de terceiro mundo que precisam do apoio da Federação.


CapítuloV. Direitos e infraestruturas dos assentamentos espaciais.

Artigo 11.

A Federação Terrestre, sob as leis federais, deve buscar a realização dos direitos humanos e liberdades fundamentais sem distinção de raça, sexo, idioma, ou religião, para todos os habitantes dos assentamentos espaciais, incluindo assentamentos na Lua e em outros corpos celestes.


Artigo 12.

A Federação Terrestre, para manter e criar um ambiente propício para a raça humana, deve estabilizar uma infraestrutura pública para economia, sociedade, cultura, educação e cuidados com a saúde, incluindo os assentamentos na Lua e em outros corpos celestes.


Capítulo VI. Provisões gerais.
 

Artigo 13.

Essa Escritura não deve ser mal interpretadas não dando direito a se engajar em nenhuma atividade ou performar atos de destruição de direitos reconhecidos por essa Escritura.


Artigo 14.

Essa Escritura, autenticamente escrita em inglês, deve permanecer depositada nos arquicos da Federação Terrestre com seus representantes que a Federação Terrestre designar.


Artigo VII. Futuro

Artigo 15

A Federação Terrestre deve preparar os seguintes artigos para o futuro da humanidade com grande esperança e expectativas.


1. Em preparação para uma emergência biológica extraterrestre, a Federação Terrestre deve aumentar e expandir as pesquisas e prevenções.

2. No futuro deverá emergir uma nova raça humana adaptada ao espaço a ser confirmada, a Federação Terrestre deverá dar prioridade em envolvê-los na administração do governo.


A União da Terra.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Total de visualizações